Guardiola diz “Odeio o Tiki-Taka”

O criador que renega a criação, é o que se pode concluir da afirmação de Pep Guardiola sobre o tiki-taka do Barcelona, “sistema” que deslumbrou um Mundo ao mesmo tempo que criava alguns “inimigos”.

“Odeio o tiki-taka. A posse de bola é apenas um método para ordenar a equipa e desmontar a equipa adversária. Se não há uma sequência de 15 passes, é impossível fazer uma transição da defesa para o ataque de forma correta”, explica o treinador espanhol, citado no livro “Herr Pep”, do jornalista espanhol Marti Perarnau, baseado em informações recolhidas ao longo dos 200 dias em que foi autorizado a acompanhar o treinador do Bayern Munique.

Guardiola aborda ainda a saída do Barcelona, recusando que se tratou de uma reação à falta de apoio da junta diretiva noticiada na altura:

“É falso que tenha saído porque o presidente do Barcelona não me apoiou no processo de reformulação do plantel. Estava no limite do desgaste e não sabia quais soluções poderia criar para a equipa.”

No livro que será lançado em setembro, Guardiola comenta ainda a derrota frente ao Real Madrid, por 4- 0 na Liga dos Campeões da passada temporada, confessando: “Foi o pior jogo da minha carreira de treinador”.

No votes yet.
Please wait...

Adicione seu comentário

Ou

Seu endereço de email será preservado.